segunda-feira, 8 de junho de 2015

Relacionamento Pós Filhos


O relacionamento entre o casal é para ser tratado com muito afinco por ambos, ao se casar, são apaixonados, não faz nada sem o outro, estão todo o tempo juntos, mesmo com algumas brigas para um se adaptar ao outro, no final se acertam e tudo volta a ser cor de rosa e corações. Mas e quando os filhos chegam?

O amor continua com certeza, mas a rotina muda drasticamente! Nem sempre vão conseguir estar juntos o tempo todo e as brigas podem aumentar, afinal, existe uma terceira pessoa entre vocês, um bebê lindo e muito amado, mas que deve ser integrado de forma natural e equilibrada no relacionamento do casal.

A criança é a herança do Senhor para nós e devemos saber educá-los e ensiná-los pelo caminho a ser seguido, esse serzinho tão especial tem seus pais como referência para a vida, então se seu casamento esta meio perdido com a chegada dele é melhor parar para conversar, mas lembre-se, longe da criança, mesmo este sendo um bebê, porque ele sente quando seus pais estão bem ou não, e isso pode deixá-lo agitado. Busque ter calma e converse com seu marido sobre como esta se sentindo, mesmo que você ache que ele não irá te escutar, fale! Tenho certeza que você irá se surpreender ao perceber que ele vai sim te escutar.

É muito bom criar um ambiente saudável para nossos filhos, um lar onde os pais se entendem, mostram o amor um para o outro e ambos para a criança, que ao observar a felicidade e equilíbrio emocional, sentirá mais segura e confiante, o que é imprescindível para um ótimo desenvolvimento em todas as áreas de aprendizagem da criança: emocional, cognitivo e motor.

Monte cronogramas de rotinas para não se sentir perdida, claro que nem sempre funcionarão, entretanto saberá o que pode melhorar para que o tempo se torne seu aliado e não seu carrasco.

Lembre-se que a estrutura da nossa casa deve ser a comunhão entre o casal, formando uma família sólida, saudável e apaixonada!


Feliz Dia dos Namorados!

Texto escrito pela Pedagoga Priscila Vieira
para o Projeto Virtuosas (Direitos Reservados)
Comentários pelo Facebook
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário