segunda-feira, 29 de junho de 2015

Um nó no lençol



   "Numa reunião de pais numa escola da periferia, a diretora realçava o apoio que os pais devem dar aos filhos e pedia-lhes que estivessem presentes durante o maior período de tempo possível… Considerava que, embora a maioria dos pais e mães daquela comunidade trabalhassem fora, deviam encontrar tempo para se dedicarem e compreenderem os filhos.
   A diretora ficou muito surpreendida quando um pai se levantou e explicou, de forma humilde, que não tinha tempo de falar nem de ver o filho durante a semana pois, quando ele saía para trabalhar, o filho ainda estava a dormir e, quando voltava do trabalho, o garoto já não estava acordado.
   Explicou, ainda, que tinha de trabalhar assim para sustentar a família, mas que ficava angustiado por não ter tempo para o filho e que tentava redimir-se indo beijá-lo todas as noites quando chegava a casa. E, para que o filho soubesse da sua presença, dava um nó na ponta do lençol que o cobria. Fazia isto religiosamente todas as noites quando o beijava. Quando o filho acordava e via o nó, sabia assim que o pai tinha lá estado e o tinha beijado.
   A diretora emocionou-se com a história e ficou surpreendida quando constatou que o filho deste pai era um dos melhores alunos da escola!".


Essa pequena história me fez refletir algumas coisas que eu gostaria de compartilhar com vocês!

1- O pai, mesmo "sem tempo" estava presente na reunião escolar de seu filho.
A vida atual parece impossível se distanciar da correria. O sustento da família, o sucesso profissional, a busca incansável por uma vida aparentemente bem-sucedida. Tudo isso acaba nos fazendo colocar muitas prioridades na caixinha do depois. Precisamos dar uma pausa e refazer a nossa lista de prioridades. A vida de nossos filhos reflete o que somos para eles. E se você deseja que seu filho seja uma benção, é necessário nos transformar em um espelho presente.

2- O pai lutava para cumprir o seu papel no lar.
Seja o pai, como sacerdote e provedor do lar, ou a mãe como governanta e auxiliadora, ambos precisam entrar debaixo da ordem de Deus e cumprir, com toda dedicação, a sua missão nesse primeiro ministério confiado a vocês: sua família. Só assim, podemos dizer que temos uma vida bem-sucedida! Porque quando estamos debaixo da ordem, tudo flui, tudo prospera, tudo suporta, tudo alcança!

3- O filho aprendeu valores e princípios.
Podemos perceber que durante o fim de semana aquele pai estava presente na vida de seu filho. E a sua mãe também ganha o mérito por isso. Os pais são responsáveis por educar os filhos com valores e princípios. Não era por acaso que o filho era um dos melhores alunos da escola. Os filhos refletem a criação que tiveram.

Quero concluir dizendo, por experiência, que a sua vida é bem-sucedida quando a sua família vive debaixo da ordem de Deus. Vale a pena, parar um minuto, pensam no que podemos melhorar como família, em pedir perdão se preciso for, e se colocar a disposição da transformação feita por Deus. Vale a pena se esforçar para ser um espelho para a próxima geração. Vale a pena abrir mão de coisas materiais, para sentir o seu lar como um pedacinho do céu.

Beijo grande e uma semana abençoada!
Renata Moura



sexta-feira, 19 de junho de 2015

Relato - Um dos desafios de ser mãe


Olá mamães virtuosas!
Bom, o que quero compartilhar com vocês é um assunto que tenho vivenciado nesses dias. Espero poder ajudar nem que seja uma mamãe virtuosa.

Não sei se sabem, mais estou cursando o 7º período de Pedagogia, minha profissão, é o que eu sei fazer, e amo trabalhar nessa área. De dois meses para cá, minha vida deu uma vira volta incrível em relação ao que eu havia planejado até então. Confesso que planejei estar cuidando do meu filho Matheus de 11 meses, pelo menos até os 3 anos, assim como fiz com meu filho Davi, hoje com 5 anos. Mas não é o que está acontecendo. Trabalho por opção, e pela oportunidade maravilhosa que recebi, e também com o consentimento do meu esposo. Apesar de trabalhar somente de 12:30 da tarde às 17:30 da tarde, como professora da Educação Infantil, e meus filhos estudarem na escola em que trabalho, a adaptação do meu caçula não está sendo fácil. Não quero falar como pedagoga/professora que sou, mas sim como mãe. Entendo e sei todo o processo de adaptação que uma criança passa nos primeiros dias da escolinha. Algumas crianças por menos tempo, outros por longos dias, e até meses.

E esse está sendo meu caso, longos dias.... Matheus chora o dia todo, e o pior, estou na sala ao lado, escutando, e me segurando para não ir “resolver” o “problema”. Confio na professora que cuida dele plenamente, ela faz tudo que está ao alcance, muito carinhosa, cuidadosa, ama o que faz. Mas só Deus sabe como meu coração de mãe fica ao ouvi-lo chorar. Engraçado como o nosso lado materno funciona, como disse anteriormente, aconselho mães dos meus alunos em relação à adaptação, e em 95% dos casos as crianças assim que suas mães vão embora, param de chorar e ficam bem o dia todo, até o momento da chegada das mesmas, mas eu mesmo sabendo disso, quero acolher meu filho, pegar, e parar com todo o processo.

Esses dias ele deu febre emocional, 38ºC. Pensei em desistir, parar com tudo, e descer desse parque de “diversões” que virou minha vida, estou em uma verdadeira roda gigante.
São desafios que nós como mães, teremos que enfrentar um dia, deixar nossos filhos criarem autonomia, independência, deixar voar, o que cabe a nós então? Educar, orientar, observar, ajudar...

Não tem sido fácil para mim, sou do tipo mãe superprotetora, mas sei que vou vencer mais essa etapa, e meu pequeno Matheus também. Por trabalhar na sala ao lado da dele, confesso também que de vez enquanto dou uma espiada, sem que ele perceba porque aí, tudo pode piorar, rs.

Talvez você tenha a necessidade de trabalhar fora de casa, e deixar seu (ua) filho (a) em uma escolinha ou creche, e esteja aí passando pela mesma preocupação que eu. Te digo que tudo vai passar, e falo isso por experiência de profissão, ele vai se adaptar melhor que você a falta dele, e é bem assim mesmo, e um dia, não vai querer nem ir embora para casa quando o for buscar. Digo isso a mim mesma todos os dias, rs.

Oro para que Deus nos ajude, nos dê sabedoria para administrar tudo que Ele confia a nós, principalmente nossos filhos e família, esse sim é o bem mais precioso que temos. Peço também que coloque em nossos caminhos pessoas que realmente possam amar nossos filhos, assim ficaremos um pouco menos inseguras.


Fiquem com Deus e até a próxima!
Juliana Saviano

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Mães de Joelhos, Filhos de Pé - Uberlândia/MG

Demorou mas saiu!! hahaha...

As irmãs oraram o mês todo em prol de seus filhos, de sua família. E domingo a noite, foi o culto de encerramento. Eu quero, mais uma vez, agradecer ao Pastor Rogério, à ir. Márcia e sua família, pelo convite e pela maravilhosa recepção. Quero agradecer a toda a igreja que nos recebeu com muito carinho! Foi perfeito o nosso fim de semana com vocês!

E vamos aos registros!!!



O culto foi maravilhoso! Teve uma peça teatral muito emocionante! Deus falou conosco em todos os momentos!


Logo após a peça teatral, entramos na ministração da palavra de Deus!


Veja um pouquinho do que foi falado:


Ganhei presentes!!! hahaha... lindos, lindos, amei!! Muito obrigada, de coração! Uma bolsa e um arranjo de flores perfeito! Parabéns pelo dom irmã Valéria! Arrasou!!!


E após o culto, uma sessão de fotos.. hahaha.. para registrar esse momento lindo que passamos juntos!!!







Minha princesa (#virtuosinhaipub) claro que está lá e se comportou direitinho... hahaha... Gabriel como sempre fugiu das fotos, rsrsrs... e mais uma minha e do meu príncipe!!!



Amei, amei, amei... e espero ter oportunidade de voltar em breve!!!

Renata Moura

terça-feira, 16 de junho de 2015

Outono/Inverno Ella's Modas

Bom dia Virtuosas!

Vim apresentar aqui minha peças preferidas da Coleção Outono/Inverno da Ella's Modas. E é claro que tá linda né!! Vem conferir comigo ;)

Pensa em uns conjuntos elegantes!!








Estou inlove com essas camisas!!! s2
Olhas os vestidos: lindos e confortáveis:

 






Um minuto de silêncio para esse casaco branco!!


E aquela pecinha básica que tem que ter: Chemise!



Gostaram meninas?

Segue o vídeo de toda a coleção e abaixo os contatos para você adquirir a sua peça! Lembrando que a Ella's Modas vende no varejo e atacado!


Instagran: @ellasmodas
Facebook: www.facebook.com/ellas.modas
Whatsapp: (11) 97270-3592
Loja Física: Rua Miller, 375 - sobreloja - Brás - São Paulo/SP
Vendas no atacado através do site e na loja física.
Vendas no varejo somente na loja física.

Minha peça da coleção Outono/Inverno 2015 da Ella's Modas:


Receba nossos conteúdos clicando em Participar desse site na lateral do blog.

Curta nossa Fanpage -----> Virtuosas

Siga-nos no Instagran -----> @renatamoura_virtuosasipub

Se inscreva em nosso Canal do Youtube ---------> Virtuosas

Beijos,
Rê Moura

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Mais do que amar é saber demonstrar!

“Seus relacionamentos só podem ser tão saudáveis quanto você”.
NBIL CLARK WARREN

Se deseja se relacionar bem com os outros, você precisa ser uma  pessoa de bem com a vida. Ou, no mínimo, estar no caminho que te leva a isso. Um dos mais antigos conceitos psicológicos do mundo é que você não pode dar o que não tem. Harry Firestone disse: "Você obtém o melhor dos outros quando dá o melhor de si." 

Acredito que você já saiba que é amado por Deus e que seu valor é inestimável. Parabéns! O próximo passo é transmitir às pessoas esse precioso sentimento: o amor!

Quando penso sobre o amor, fico maravilhada com esse sentimento tão grandioso. O amor envolve, o amor acolhe, o amor é abrangente! Isso tudo se resume no que a Palavra do Senhor nos diz: Deus é amor! E que o amor é o vínculo da perfeição!

A nossa vida em todos os sentidos só é bem sucedida se esse sentimento estiver presente. Se trabalhamos com amor, se fazemos aquilo que amamos fazer, nosso trabalho é bem sucedido. Se amamos nossos pais e nossos filhos, automaticamente os respeitamos, os honramos, os valorizamos, e assim a nossa família é bem-sucedida. Se amamos os nossos amigos, se nos relacionamos com amor, conquistamos amigos mais chegados que irmãos, e por ai vai!

O amor é um sentimento necessário para quem deseja viver bem! Mas além de ter amor, precisamos demonstrá-lo à quem a gente ama!

Aproveitando essa semana romântica que estamos, amanhã é o Dia dos Namorados, quero deixar uma dica para você em todas as situações! Mas não faça somente amanhã, que a demonstração de amor seja rotina em sua vida!

Para as solteiras: Dobre os seus joelhos e ore pelo seu futuro eterno namorado! O abençoe desde já. O lance palavras de benção e se prepare para ser benção na vida dele! Esse momento em que ele não apareceu, é exatamente o momento que Deus vai te preparar para ele!

Para as comprometidas: Dobre os seus joelhos e ore pelo seu futuro esposo! Diga: Eu te amo! E se coloque a disposição de Deus, para que Ele te capacite a ser uma esposa maravilhosa! Com as qualidades necessárias para edificar o seu futuro lar!

Para as casadas: Dobre os seus joelhos e agradeça a Deus pelo seu eterno namorado! Profetize bençãos na vida dele e se coloque a disposição de Deus para fazer do seu lar um pedacinho do céu! Peça a Deus sabedoria e muito amor para cuidar dos seus! E mais: É hora de valorizar seu cônjuge! Agregue valores a ele e veja o resultado. Escreva bilhetinhos de agradecimento por suas qualidades e atitudes que te agradam, e espalhe pela casa. Elogie a dois e perto dos outros. Não perca uma oportunidade de valorizá-lo. Ele é muito importante pra você e é necessário que ele saiba disso.

Beijos minhas lindas!
Espero que tenha gostado das dicas e coloque em prática!
Não esqueça de deixar o seu comentário e me deixar muito feliz com a sua participação aqui!

Rê Moura.
Siga-nos no Instagran: @renatamoura_virtuosasipub


quarta-feira, 10 de junho de 2015

Dias dos Namorados – E eu estou a esperar o/a príncipe/princesa encantado/a chegar!


Estamos na semana do dia dos namorados, aqueles que estão namorando estão preocupados com o que não comprar de presente. Aqueles que estão solteiros sentem a cobrança do meio externo e interno.

A mídia ataca de todos os lados incentivando o consumo, a compra, o presente. Torna esse dia uma questão de vida e de morte. Não ter namorado é algo inadmissível. É imprescindível ter alguém para poder presentear.

As pressões internas geradas pela solidão tornam o momento ainda mais propício para atitudes desesperadas ou apressadas. A quem arrume um namorado apenas para poder comemorar esse dia.
Decidir esperar e entender que o namoro é muito mais que estar com alguém, é muito mais que sair, presentear, beijar. Namoro é tempo de preparo para uma decisão muito importante: O casamento.

O casamento toma forma, é preparado durante os dias de namoro e noivado. Namorar preocupado apenas com uma data comemorativa é colocar a vida em tempo de superficialidade. Principalmente porque uma vez namorado, sempre namorado, mesmo estando casado a um, dez ou cinqüenta anos.
Decidir esperar pelo momento certo de ter alguém para chamar de amor da minha vida, bem, mô, cheiro, gatinho, vida, etc. traz com certeza uma inversão de valores impostos pela sociedade para assumir valores aplaudidos por aqueles que entendem que a vida vale a pena ser vivida.

Viver a vida é ir além da superficialidade, é mergulhar nas profundezas do mar do amor, respeito, carinho e consideração. Aquele que espera usufrui na graça de viver algo que vai bem além do que uma data pode oferecer. São dias de comunhão companheirismo, amizade e cumplicidade. Todos os dias passam a ser dia dos Namorados.

Nada contra a data, acho-a linda e respeito muito que ela produz no inconsciente coletivo dos enamorados. Ame cada momento da vida. Está solteiro, curta sua solteirice! Está namorando, curta a vida ao lado da pessoa com a qual está começando a trilhar um caminho lindo. Está casado independente do tempo, viva cada segundo intensamente ao lado da pessoa que tem trilhado, construído e edificado um novo tempo na sua e na vida dela.

Esperar sim, mesmo que venha o dia dos namorados. Esperar sim por decisão, sem pressão. Esperar o que Deus tem pra cada um, sem pressa de chegar, com qualidade no usufruir.

Feliz dia dos Namorados, Feliz dia de estar junto, Feliz dia de aguardar aquele ou aquela para estar junto, viver junto e caminhar junto. O príncipe ou a princesa já está chegando!!


Texto escrito pela Psicóloga Sandra Lopes

Para o Projeto Virtuosas (Direitos Reservados)

terça-feira, 9 de junho de 2015

Dia dos Namorados pós filhos


Olá mamãe virtuosas!
Nesta semana se comemora o dia dos namorados. A nossa querida Renata Moura, pediu que estivesse escrevendo sobre o relacionamento do após a maternidade. Confesso que é um assunto bem delicado de se falar, precisaríamos de vários debates para chegarmos a um denominador comum, se é que existe um.

Conciliar todos os afazeres ao nosso redor após a chegada dos nossos filhos é uma tarefa um pouco complicada! Não deixar nossa relação como marido e mulher para trás, é um desafio. Saber diferenciar o amor que sentimos pelos nossos filhos, do amor que sentimos pelos nossos cônjuges é muito importante.

Uma vez ouvi uma frase que dizia: "Criamos os nossos filhos para o mundo." E é quase isso mesmo. Criamos nossos filhos para serem luz desse mundo. Eles não são nossos. Um dia eles irão cumprir o chamado de Deus na vida deles, e nos deixaram. Ficará então você e seu esposo.

Valorizar o relacionamento homem e mulher deve ser diariamente, em pequenos detalhes. O livro de cantares nos mostra um relacionamento do noivo com a sua noiva. É uma conquista diária. Se você ainda não leu, leia, esse Livro é lindo!

Bom, dada as circunstâncias diárias de um casamento, devemos também aproveitar as datas comemorativas para agradar um ao outro. E quero falar de minha experiência.

Não sei como funciona em sua cidade, mas aqui no dia dos namorados, todos os lugares ficam lotados, muita gente bebendo, som alto, nem sempre músicas agradáveis, muito menos o ambiente. Confesso que não gosto de sair no dia dos namorados, então quase sempre, ficamos em casa mesmo. Antes e depois dos filhos.

Mas quero dar uma dica para todas vocês!

Ano passado, quase chegando o dia dos namorados, que ocorreu em uma quinta feira, de última hora, resolvemos juntamente com alguns amigos íntimos, realizar um jantar só nosso. Se me recordo bem, foram seis casais. Todos com filhos. O meu, na época só tinha o Davi, ficou com minha mãe até um certo horário. Depois meu esposo o buscou e ele permaneceu conosco como outras crianças.

Decidimos que seria na casa de uma amiga, a Renata (que não é a Moura, rs) Contratamos um jantar com um chefe de cozinha (que chique rs). Porque além de trabalharmos fora de casa, não daria tempo de preparar tudo, também não queríamos cozinhar. Preferimos pagar o jantar. E ficou barato viu, bem mais do que se tivéssemos saído.

O jantar foi maravilhoso, conversa boa, em casa, músicas cristãs, e claro, dinâmicas. Muitas risadas foram dadas. Decoramos a casa da nossa amiga, ficou lindo! Nem sempre dá para comemorarmos em determinados lugares com nossos filhos, mas sempre dá para dar um "jeitinho" de conciliar tudo. Basta querer.

Espero que nesse dia dos namorados, além de comemorar, que possamos refletir sobre a importância de nossos casamentos. Deus preparou para nós. Se às vezes não está como gostaríamos, deveríamos parar e vigiar os detalhes que estão ao nosso redor. Conversar, orar juntos, amar mais uns aos outros.

Bom, feliz dia dos namorados para nós, mulheres virtuosas!

Fiquem com Deus, e até o próximo post.

Texto escrito por Juliana Saviano para o Projeto Virtuosas
Direitos Reservados

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Relacionamento Pós Filhos


O relacionamento entre o casal é para ser tratado com muito afinco por ambos, ao se casar, são apaixonados, não faz nada sem o outro, estão todo o tempo juntos, mesmo com algumas brigas para um se adaptar ao outro, no final se acertam e tudo volta a ser cor de rosa e corações. Mas e quando os filhos chegam?

O amor continua com certeza, mas a rotina muda drasticamente! Nem sempre vão conseguir estar juntos o tempo todo e as brigas podem aumentar, afinal, existe uma terceira pessoa entre vocês, um bebê lindo e muito amado, mas que deve ser integrado de forma natural e equilibrada no relacionamento do casal.

A criança é a herança do Senhor para nós e devemos saber educá-los e ensiná-los pelo caminho a ser seguido, esse serzinho tão especial tem seus pais como referência para a vida, então se seu casamento esta meio perdido com a chegada dele é melhor parar para conversar, mas lembre-se, longe da criança, mesmo este sendo um bebê, porque ele sente quando seus pais estão bem ou não, e isso pode deixá-lo agitado. Busque ter calma e converse com seu marido sobre como esta se sentindo, mesmo que você ache que ele não irá te escutar, fale! Tenho certeza que você irá se surpreender ao perceber que ele vai sim te escutar.

É muito bom criar um ambiente saudável para nossos filhos, um lar onde os pais se entendem, mostram o amor um para o outro e ambos para a criança, que ao observar a felicidade e equilíbrio emocional, sentirá mais segura e confiante, o que é imprescindível para um ótimo desenvolvimento em todas as áreas de aprendizagem da criança: emocional, cognitivo e motor.

Monte cronogramas de rotinas para não se sentir perdida, claro que nem sempre funcionarão, entretanto saberá o que pode melhorar para que o tempo se torne seu aliado e não seu carrasco.

Lembre-se que a estrutura da nossa casa deve ser a comunhão entre o casal, formando uma família sólida, saudável e apaixonada!


Feliz Dia dos Namorados!

Texto escrito pela Pedagoga Priscila Vieira
para o Projeto Virtuosas (Direitos Reservados)

quinta-feira, 4 de junho de 2015

Mães de Joelhos, Filhos de Pé - Uberlândia/MG - Parte 2

Boa tarde Virtuosas!!!

Cheguei para contar para vocês o que aconteceu nesse último domingo (31/05/15) na parte da manhã. Uma manhã abençoada! Louvamos, oramos e depois nos separamos. Enquanto meu esposo estava com os homens, eu estava com as mulheres. Foi um papo bem legal!




Iniciei com a apresentação do projeto e algumas dicas sobre como se vestir! Veja um pouquinho do que foi falado:


Depois passamos para o segundo momento, onde conversamos um pouco sobre o ministério familiar. O nosso papel como esposa e mãe, e com isso como deve ser o nosso agir em sociedade!


Após o estudo, aconteceu o sorteio dos brindes. Dessa vez a nossa parceira, a marca Dyork, disponibilizou 3 peças para presentearmos as participantes. E foi um sucesso, elas amaram! E, cá entre nós, são peças maravilhosas! Para quem deseja adquirir as peças da marca, deixo no final do post os links para contato, para que solicitem o revendedor mais próximo de você! Para quem é de Uberlândia segue as lojas que vendem no varejo ai ;)




Depois do estudo, fechamos a manhã com um almoço M A R A V I L H O S O feito por mãos abençoadas!!!


Benção demais não é? Mas ainda tem a última parte desse trabalho maravilhoso que eu conto amanhã para vocês!! hahaha...

Dyork

Lojas em Uberlândia que vendem Dyork, anotem aí meninas:

- AQUI VESTES CALCADOS E CONFECCOES - (034) 3216-3841
- DEGA CALCADOS E CONFECCOES LTDA - (034) 32224675
- DIXON CONFECCOES LTDA - (034) 3236-9751
- HADASSA MODAS LTDA - (034) 3214-9100
- LEA PEREIRA DE OLIVEIRA BERCHULUTE - (034) 3238-3181
- OLIVA E OLIVA CONFECCOES LTDA - (034) 3231-8500
- VANE DANTAS TOLENTINO - (034) 9306-9839
- VISUAL MODA LTDA ME - 34 3211-7821

Beijo,
Renata Moura

quarta-feira, 3 de junho de 2015

Mães de Joelhos, Filhos de Pé - Uberlândia/MG - Parte 1

Bom dia Virtuosas!

Hoje eu vou contar para vocês o que aconteceu neste último sábado (30/05/15) em Uberlândia/MG. As irmãs estavam orando e realizando estudos durante 1 mês com o tema: Mães de Joelhos, Filhos de Pé. E o Projeto Virtuosas foi convidado para fazer parte do encerramento desse lindo trabalho!


Saímos de Campinas bem cedinho! Tava muuuuuiiiito frio... Mas a viagem foi bem tranquila! Estrada boa e as crianças se comportaram direitinho :D


E como esperado, tivemos uma recepção maravilhosa!! Ir. Márcia caprichou na recepção e acomodação! Um almoço delicioso preparado pela Ir. Eliana! Como eu estava com saudade de uma comida mineira!! hahaha.... Muito obrigada mesmo, por todo carinho!

À noite teve o Culto de Adoração, onde o preletor foi o meu esposo.




No culto à noite usei saia T.Sanfer


Veja um pedacinho da ministração:



Depois do culto, além de um caldinho delicioso, teve Pão de Queijoooo... Com direito a recheio... Huuuummmm...


Dia maravilhoso! Mas não para por ai! Ainda teve muita benção no Domingo!!! Amanhã eu conto.. hahaha...

Conheça e adquira as peças T.Sanfer ----> AQUI
Curta a Fanpage da Marca -----> AQUI

Beijo,
Rê Moura