segunda-feira, 11 de maio de 2015

Ser feliz: um sentimento ou decisão


Trago uma reflexão sobre o que é felicidade, ou poder dizer sou feliz. O pronome SOU, reflete uma condição do Ser, quando digo sou estou afirmando que essa é a minha forma de viver e relacionar-me com as pessoas.

Dentro desta afirmação cabe a interrogação: Somos felizes ou estamos felizes. Somos condicionados pelas circunstâncias ou situações nas quais nos encontramos? Somos motivados por aquilo que nos cerca ou o que nos move é a arte de estar vivo?

Como temos feito nossas afirmações. O que tem direcionado nossa forma de viver e ser enquanto indivíduo? Como temos aceitado a condição e de que forma temos aperfeiçoado nossas relações.

A palavra de Deus tem uma primícia interessante: do que depender de vós tende paz com todos os homens (Romanos 12:18). Somos agentes de transformação e esperança. Desta forma é possível afirma que no que depende de nós devemos viver bem consigo mesmo. Isto é manter a vida em um estado de felicidade, paz e harmonia constante. Depende de cada um a decisão de ser feliz e grato por tudo que acontece. Isso quer dizer não ser guiado por vistas naquilo que esta diante dos olhos e sim por aquilo que queremos e decidimos ver.

O estado de felicidade é decisão quando eu reconheço que tenho situações na vida que me entristecem, porém esses momentos não dominam meu estado de SER. Não se deixar dominar por circunstancias, mas tornar cada momento único e cheio de possibilidade de sorrisos.

Decida hoje ser feliz. Sinta a felicidade invadir seu coração e a dominar teu ser. Provoque ações de felicidade, permita-se ser Feliz.



Texto escrito pela Psicóloga Sandra Lopes
para o Projeto Virtuosas (Direitos Reservados)
Comentários pelo Facebook
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário