segunda-feira, 14 de julho de 2014

Triunfando com Vigor

UMA MÃE EXEMPLAR
Êxodo 2: 1-10

 Hoje iremos falar sobre uma mulher maravilhosa e que foi alem de tudo, uma grande exemplo de Mãe na Bíblia. Ela se chama Joquebede. Era da tribo de Levi. E naquele tempo, ainda eram escravos. Joquebede, pela fé, passou da sentença de morte para a alegria de vida com seu filho. Veja algumas qualidades desta mãe.

O que possibilitou a Joquebede alcançar os seus objetivos como mãe?
 Joquebede alcançou seus objetivos porque foi:

1-            Uma  Mãe Inteligente: 


Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos”.  Provérbios 14: 1; Joquebede usa a inteligência. Guarda o menino por três meses, constrói uma cesta de juncos e coloca a criança à beira-rio. Sabia providência! Hoje precisamos de mulheres sábias, para atuarem no trabalho da igreja. Sabedoria para discernir o que fazer e como fazer. Estabelecendo as prioridades para as atividades que podem ser realizadas. Tiago nos dá um conselho: ”E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Tiago 1: 5;

2- Uma  Mãe Confiante: 



O comportamento de Joquebede, bem como o de Miriã, mostra perfeita tranqüilidade. Há uma segurança extraordinária, uma confiança singular. Parece até que Joquebede conhecia mesmo aquelas palavras de Abraão em Gênesis 22: 8; "Deus proverá..." Em quem confiou Joquebede? Quem lhe podia socorrer? Quem podia dirigir bem o destino do seu bebê... O rio? A cesta? O futuro? Quem? É certo que Joquebede conhecia Deus em quem ela seriamente confiou. Essa confiança pode ser aplicada à família hoje. No decorrer de cada dificuldade ou ansiedade sabendo que "Deus proverá...” E, também, no servir a igreja. A mulher cristã pode ser útil em demonstrar confiança no que está sendo feito. Bem como, na ajuda que pode prestar aqueles que são necessitados. Mostrando que as incertezas, inseguranças podem ser depositadas nas mãos do Senhor. 
“Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei”. Hebreus 11: 23;

3-  Uma  Mãe Humilde: 



Agora está a criancinha nas mãos da princesa. Joquebede é chamada. Apresenta-se como? Como mãe? Não, como simples serva, devendo obrigações à princesa. Enorme humildade! Quando Moisés já é um menino crescido, bem que poderia mantê-lo consigo. Mas, não é assim. A humilde mãe traz Moisés à princesa, entregando-a aos seus cuidados. Humildade: submisso, simples, modesto. No desenvolvimento do Corpo de Cristo é preciso que a mulher seja humilde. Sendo submissa a Deus e as lideranças da igreja. Contribuindo dessa forma para que outros vejam essa característica e saibam que devem fazer o mesmo. Vejamos o que diz o apóstolo Paulo em Colossenses 3: 12; “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade”; Precisamos de mães humildes para executar o trabalho do Senhor. 
  
4- Uma  Mãe Temente a Deus: 



O comportamento de Moisés no palácio de Faraó mostra a educação recebida pela mãe. O moço está dentro da cultura e da religião egípcia, mas sem se deixar corromper. O interesse do moço pelos hebreus. O alicerce do relacionamento com o único Deus foi construído pela Joquebede. Essa grande mãe estava deste modo, bem por detrás de toda a magna obra religiosa do líder do povo de Deus. O exemplo de cuidado exercido por Joquebede pode ser uma grande exemplo para mulheres de hoje que estão preocupadas com sua função na igreja. Muitas vezes achando que aquilo que estão fazendo não tem sido importante ou suficiente. A ação da mulher temente a Deus tanto pode ser no lar, dando base religiosa a sua família, quanto na igreja exercendo, entre outros, o ministério da intercessão, dando base ao trabalho que a igreja está realizando. Olha o que diz a palavra de Deus sobre a educação dos filhos: Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”. Provérbios 22: 6;

5-  Uma  Mãe Líder: 

A criança colocada no rio. Miriã posta por vigia. Era perfeitamente ensinada e orientada a jovenzinha Miriã. Vê-se claramente o gesto de Miriã diante da princesa. Precisamos de mães líderes. Tanto aquelas que exerçam o seu papel de liderança na igreja, diante de uma organização ou classe da EBD. Assim como, mulheres que estejam preocupadas em preparar os seus filhos e liderados para o trabalho na causa do Mestre. 

Concluindo, oramos para que a igreja de Jesus Cristo esteja bem servida de mulheres que realmente sejam:
a)    Inteligentes
b)    Confiantes
c)    Humildes
d)    Tementes a Deus
e)    E verdadeiras líderes


Deus vos abençoe, com carinho, Ir. Euza Dias

Texto Escrito para o Projeto Virtuosas
pela Ir. Euza Dias
Direitos Reservados
Comentários pelo Facebook
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário