quinta-feira, 17 de julho de 2014

Educar é Preciso

Brincadeira é Coisa Séria

Criança adora brincar, seja com jogos ou com faz de conta, certamente é diversão o que elas buscam!


Para cada faixa etária existe o interesse em determinada brincadeira, mas todos passam, por exemplo, pelo faz de conta, uma brincadeira em que a criança representa papéis, interpretando personagens que mais gosta: um super herói, o professor, a própria mãe ou pai, o que importa é que todos os presentes entendam o que ela está representando. A criança sempre procura alguém ou algo para brincar, se não tiver um amiguinho, ela faz com que seu urso de pelúcia crie vida em seu mundo de fantasias.



A brincadeira deve ser levada a sério pelos pais ou responsáveis, pois é através dela que a criança se expressa e se inclui na sociedade, ao interpretar a mãe que cuida do bebê ou o pai que sai para trabalhar, ela esta retratando a realidade da forma que ela observa, buscando assim, a compreensão e entendendo como a sociedade funciona. Ao brincar a criança “foge” do mundo real, foge daquilo que possa estar com medo ou a deixando confusa, imaginando possibilidades dentro daquilo que já conhece, assim também exercitando seu chamado cognitivo, ou seja, sua inteligência.



A criança que costuma brincar com o faz de conta retratando a realidade que a cerca, está exercitando sua capacidade de assimilação da realidade e regras da sociedade, pois brinca de ser a mamãe de um boneco da mesma forma que sua mãe cuida dela, respeitando padrões para que possa se tornar quase real.



Nós, como pais, temos que incentivá-los a brincar, pois é uma parte muito importante para o desenvolvimento da criança, como pudemos ver acima. Nos próximos posts, vou trazer algumas sugestões de brincadeiras respeitando cada faixa etária, para que você possa brincar com seus filhos sem ter medo de ser feliz!


Texto escrito para o Projeto Virtuosas
Pela Pedagoga Priscila Vieira

Direitos Reservados

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Bom dia Virtuosas!!

E cá estou eu para apresentar mais uma saia lindíssima da Dyork! Como já falei antes, a nova Coleção está de arrasar!!! Jeans Maravilhosos!!! Quando vi este look, já logo falei: ESSAAAAA... e não é que tenho uma blusa igualzinha!! hahaha....

Olha que luxooooo!!!

Sem contar que o look é super confortável , nessa estação dá para usar tanto de dia como a noite, é super alegre, e a saia combina com várias cores!! Usei com azul porque é a minha cor preferida! Mas você pode abusar da criatividade! Olha como ela fica linda no corpo!! ;)





Créditos:
Fotos: Raphael Limongi Fotografias
Saia: Dyork (Coleção Primavera/Verão)

Para conferir toda a coleção curta a fanpage AQUI ou conheça o site AQUI

Tem muita coisa linda!!!

Espero que tenham gostado, tem muito mais por vir!!!

Beijos, Rê!

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Triunfando com Vigor

UMA MÃE EXEMPLAR
Êxodo 2: 1-10

 Hoje iremos falar sobre uma mulher maravilhosa e que foi alem de tudo, uma grande exemplo de Mãe na Bíblia. Ela se chama Joquebede. Era da tribo de Levi. E naquele tempo, ainda eram escravos. Joquebede, pela fé, passou da sentença de morte para a alegria de vida com seu filho. Veja algumas qualidades desta mãe.

O que possibilitou a Joquebede alcançar os seus objetivos como mãe?
 Joquebede alcançou seus objetivos porque foi:

1-            Uma  Mãe Inteligente: 


Toda mulher sábia edifica a sua casa; mas a tola a derruba com as próprias mãos”.  Provérbios 14: 1; Joquebede usa a inteligência. Guarda o menino por três meses, constrói uma cesta de juncos e coloca a criança à beira-rio. Sabia providência! Hoje precisamos de mulheres sábias, para atuarem no trabalho da igreja. Sabedoria para discernir o que fazer e como fazer. Estabelecendo as prioridades para as atividades que podem ser realizadas. Tiago nos dá um conselho: ”E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.
Tiago 1: 5;

2- Uma  Mãe Confiante: 



O comportamento de Joquebede, bem como o de Miriã, mostra perfeita tranqüilidade. Há uma segurança extraordinária, uma confiança singular. Parece até que Joquebede conhecia mesmo aquelas palavras de Abraão em Gênesis 22: 8; "Deus proverá..." Em quem confiou Joquebede? Quem lhe podia socorrer? Quem podia dirigir bem o destino do seu bebê... O rio? A cesta? O futuro? Quem? É certo que Joquebede conhecia Deus em quem ela seriamente confiou. Essa confiança pode ser aplicada à família hoje. No decorrer de cada dificuldade ou ansiedade sabendo que "Deus proverá...” E, também, no servir a igreja. A mulher cristã pode ser útil em demonstrar confiança no que está sendo feito. Bem como, na ajuda que pode prestar aqueles que são necessitados. Mostrando que as incertezas, inseguranças podem ser depositadas nas mãos do Senhor. 
“Pela fé Moisés, já nascido, foi escondido três meses por seus pais, porque viram que era um menino formoso; e não temeram o mandamento do rei”. Hebreus 11: 23;

3-  Uma  Mãe Humilde: 



Agora está a criancinha nas mãos da princesa. Joquebede é chamada. Apresenta-se como? Como mãe? Não, como simples serva, devendo obrigações à princesa. Enorme humildade! Quando Moisés já é um menino crescido, bem que poderia mantê-lo consigo. Mas, não é assim. A humilde mãe traz Moisés à princesa, entregando-a aos seus cuidados. Humildade: submisso, simples, modesto. No desenvolvimento do Corpo de Cristo é preciso que a mulher seja humilde. Sendo submissa a Deus e as lideranças da igreja. Contribuindo dessa forma para que outros vejam essa característica e saibam que devem fazer o mesmo. Vejamos o que diz o apóstolo Paulo em Colossenses 3: 12; “Revesti-vos, pois, como eleitos de Deus, santos e amados, de entranhas de misericórdia, de benignidade, humildade, mansidão, longanimidade”; Precisamos de mães humildes para executar o trabalho do Senhor. 
  
4- Uma  Mãe Temente a Deus: 



O comportamento de Moisés no palácio de Faraó mostra a educação recebida pela mãe. O moço está dentro da cultura e da religião egípcia, mas sem se deixar corromper. O interesse do moço pelos hebreus. O alicerce do relacionamento com o único Deus foi construído pela Joquebede. Essa grande mãe estava deste modo, bem por detrás de toda a magna obra religiosa do líder do povo de Deus. O exemplo de cuidado exercido por Joquebede pode ser uma grande exemplo para mulheres de hoje que estão preocupadas com sua função na igreja. Muitas vezes achando que aquilo que estão fazendo não tem sido importante ou suficiente. A ação da mulher temente a Deus tanto pode ser no lar, dando base religiosa a sua família, quanto na igreja exercendo, entre outros, o ministério da intercessão, dando base ao trabalho que a igreja está realizando. Olha o que diz a palavra de Deus sobre a educação dos filhos: Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele”. Provérbios 22: 6;

5-  Uma  Mãe Líder: 

A criança colocada no rio. Miriã posta por vigia. Era perfeitamente ensinada e orientada a jovenzinha Miriã. Vê-se claramente o gesto de Miriã diante da princesa. Precisamos de mães líderes. Tanto aquelas que exerçam o seu papel de liderança na igreja, diante de uma organização ou classe da EBD. Assim como, mulheres que estejam preocupadas em preparar os seus filhos e liderados para o trabalho na causa do Mestre. 

Concluindo, oramos para que a igreja de Jesus Cristo esteja bem servida de mulheres que realmente sejam:
a)    Inteligentes
b)    Confiantes
c)    Humildes
d)    Tementes a Deus
e)    E verdadeiras líderes


Deus vos abençoe, com carinho, Ir. Euza Dias

Texto Escrito para o Projeto Virtuosas
pela Ir. Euza Dias
Direitos Reservados

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Vida Saudável

Bom dia Virtuosas!! Hoje é dia de Vida Saudável.


E temos 2 perguntinhas que sempre escutamos que a resposta é positiva, mas eu nunca entendia ao certo o porque. E como acredito que não sou a unica que tem essa duvida, resolvi compartilhar com vocês!

1ª - Porque o café da manhã é tão importante que não devemos pular ou apenas beliscar 1 alguma coisa?


Primeira refeição do dia: o café da manhã. Ela é uma das três mais importantes, perdendo apenas para o almoço e jantar; é uma refeição que deveria preencher 25% das necessidades calóricas diárias e na maioria dos casos não recebe a importância que deveria.

O organismo já está a pelo menos oito horas em jejum e por incrível que pareça gastamos de 40 a 60kcal por hora de sono, com isso assim que acordamos, necessitamos de "combustível" para retomar as atividades e iniciar um dia. A primeira refeição mantém o nível de glicemia no sangue que é fundamental para começar bem o dia. A falta dessa refeição pode causar sintomas como mal-estar, tremores, tonteiras, falta de concentração.


A ausência do café da manhã pode aumentar os riscos, já comprovados por estudos científicos de obesidade, colesterol alto e diabetes. Os estudos mostram que quem faz o café da manhã tende a consumir menos calorias durante o dia do que quem não tem esse hábito.

Mas muitas pessoas deixam de tomar um café da manhã completo alegando falta de tempo. Se você se enquadra nessa característica, deixe preparado na noite anterior um sanduíche e um suco, por exemplo. Se não tem fome, procure comer menos à noite, assim vai sentir mais fome ao acordar.

Inclua no seu café da manhã, uma fonte de carboidratos como pães e biscoitos, dando preferência sempre ao integral, um de proteínas um queijo magro ou uma pastinha à base de soja ou um ovo e uma fruta que pode ser na forma de suco que é fonte de vitaminas de minerais essenciais para dar disposição no começo do dia.
2ª - Sera que é tão importante mesmo comer de 3 em 3 horas?



A partir do café da manhã o correto é fazer um lanche de três horas em três horas, isso mantém a taxa de glicose (o açúcar do sangue) regulada e o metabolismo ativo, tudo o que o organismo precisa para emagrecer de forma saudável.

Ficar muitas horas sem se alimentar faz com que as taxas de glicose, o açúcar do sangue, sofra picos quando você se alimenta, isso faz com que o organismo libere de forma exagerada um hormônio chamado insulina, que promove o estoque de gordura na região abdominal. Além disso, leva a quadros de hipoglicemia, que é a diminuição dos níveis de glicose. Isso se traduz em mal-estar, sensação de desmaio, etc. Com isso, o organismo 'pede' desesperadoramente uma fonte rápida de glicose para que os níveis sejam aumentados e essa fonte é o doce. Então, tudo passa a ser um círculo vicioso e a compulsão pelo doce uma situação cada vez mais comum. 



Então não se engane, ficar sem comer, não vai fazer com que emagreça mais rápido, pelo contrário, o organismo trabalha de modo inteligente. Isto é, se não tem comida, também ele guarda; reserva que já tem que são os depósitos de gordura. Com isso aquela gordurinha que está em excesso vai ficar onde ela está para suprir a necessidade de energia do organismo, porque ele não sabe quando você vai se alimentar e precisa sobreviver. 
Mais umas dicas:


- Nos lanches da manhã e da tarde invista na fruta, castanhas, amêndoas, frutas secas...

- Não se esqueça da água! A ingestão de líquidos também é um ato esquecido pela grande maioria das pessoas, e ela é essencial, pois não podemos esquecer que o corpo humano é formado em sua maioria por água e necessita desse componente para um bom funcionamento. A falta de hidratação mostra logo sintomas como intestino preso, pele e cabelos sem brilho, e pode resultar em longo e médio prazo em cálculos renais e infecções urinárias.


Matéria retirada do site da UOL - escrita pela Nutricionista Patricia Davidson Haiat

Espero que tenha ajudado vocês também meninas, porque me ajudou muito e já faz um tempinho que estou melhorando meu habito alimentar, e estou me sentindo bem melhor ;)

Beijos, Rê Moura.

quinta-feira, 10 de julho de 2014

De Mulher para Mulher

A FAMÍLIA E SUAS FRONTEIRAS (LIMITES)

A família pode ser caracterizada como um grupo de pessoas com regras e padrões de funcionamento próprios que regulam o comportamento de todos os seus integrantes. Dentro do sistema família existem subsistemas cada um deles com suas regras. O que ocorre num indivíduo que vive numa família não procede apenas de condições internas a ele, mas também de um intenso intercâmbio com o contexto mais amplo no qual está inserido. Ele não só recebe o impacto do ambiente como o influencia. 

O equilíbrio psicológico  exige que aja interação com o meio e com as pessoas. O comportamento é, muitas vezes, resultado do que ocorre, na fronteira de contato, entre nós, o ambiente e as pessoas. As pessoas exercem influencia sob o meio onde vivem e são por ele também influenciados, constituindo uma espécie de teia, um sistema. Dá-se então a compreensão da importância do estabelecimento de limites nítidos e delineados.  

Saúde Psicológica


Quando o processo de homeotase falha, isto é, quando não conseguimos manter o equilíbrio interno ou satisfazer nossas necessidades, então adoecemos. 

A Importância das Fronteiras

As fronteiras tornam possível a diferenciação no mundo – identidade;
As fronteiras permitem a manutenção da sobrevivência;
As fronteiras protegem contra a entrada de conteúdos prejudiciais à saúde – limites;
As fronteiras permitem a entrada de conteúdos necessários à saúde – permeabilidade. ·.

Fronteiras                  


As fronteiras são o conjunto de regras que determinam quais serão os participantes de cada subsistema da família, são as fronteiras que protegem a distinção do sistema e garantem sua particularidade, possibilitando o funcionamento eficaz do sistema familiar.

As fronteiras nítidas são responsáveis pela construção de relações esclarecidas nas quais as pessoas dizem "sim" ou "não" objetivamente e de acordo com as demandas surgidas. No que diz respeito às fronteiras rígidas, elas são composta por relações distantes nas quais as pessoas não se conhecem muito bem. Quando erra, não “dá o braço a torcer“, tem dificuldade de pedir perdão; apresenta dificuldades de receber e dar afeto. Alguns membros dessa família podem apresentar sintomas psicossomáticos: asma, dores no pescoço e no peito, constipação, cãibras, alergias, dores de cabeça e anorexia nervosa. Dificuldades  em estabelecer novos relacionamentos em nível de igualdade. 

As fronteiras difusas são constituídas por relações complexas e papéis confusos, não é estabelecida de forma clara a função de cada membro nem existe de fato preocupação e comunicação entre eles. A pessoa recebe, passivamente, aquilo que lhe faz mal. Recebe palavras ofensivas ou depreciativas; tem sua privacidade invadida; aceita ser tolhida em seus desejos, sonhos e projetos, ser agredida física ou  psicologicamente. Como consequência os membros da família não atentam uns para os outros; aumento da baixa autoestima; dificuldades em tomar decisões; sensação de medo, que mais tarde se transforma em frustração e revolta; sem apoio e reconhecimento interno, os indivíduos podem recorrer ao álcool ou às drogas para fugir do caos interior. Pessoas oriundas dessas famílias costumam esconder seus sentimentos e suas fronteiras individuais serem rígidas, um mecanismo de defesa contra a dor e o desrespeito em potencial.

Exemplificando a necessidade de se estabelecer fronteiras: algo comum é uma criança desobediente, uma mãe incompetente e um pai autoritário. A criança desobedece, a mãe exerce sobre ela um controle por excesso ou por falta, o filho torna a desobedecer, o pai entra com uma voz severa ou um olhar feio e o filho obedece. A mãe permanece incompetente, a criança desobediente e o pai autoritário. Nesse exemplo, considerando que o pai passa o dia todo no trabalho, seria melhor que fosse um observador, enquanto, mãe e filho resolvem o conflito entre eles. Outra opção seria o casal em conjunto, aumentar a proximidade entre eles. Os conflitos mal resolvidos entre os pais influenciam o mau comportamento dos filhos, sendo assim, ao promover a interação entre o casal, aumenta-se a distancia entre os membros do sistema conflituoso dificultando as ações de retorno, neste exemplo, do filho.
     
Fronteiras nas Relações Familiares


Ao usar a noção de fronteiras, é possível perceber o funcionamento do casal e da família. Ter clareza do grau de unidade do casal ou da família, quanto se expande no mundo ou permite que o mundo entre. As fronteiras existem ao redor de  cada membro da família individualmente. Aprende-se a delimitar fronteiras na convivência familiar.

A família é o primeiro grupo de convivência com as diferenças. Nela é possível respeitar ou não os limites do outro. Ainda bebê, é a mãe quem interpreta as necessidades da criança. Mas, nem sempre o que se oferece a ela é o que realmente ela precisa ou deseja. Ela ultrapassa os limites da criança quando a obriga a comer o que não gosta. Os indivíduos em famílias funcionais conhecem uns aos outros o suficiente para sentir quando se aproximar e reunir ou quando se afastar e dar espaço ao outro.

Quando um casal ou família são bem-sucedidos na solução de um problema, a experiência  é sentida como inteira, completa, correta, boa e bela. Desse modo, numa visão sistêmica de família, o “sintoma” ou “doença” ou “conflito” emerge de relacionamentos disfuncionais. Acontecem quando o casal ou família ficam empacados na solução de problemas, repetindo seus fracassos continuamente, interrompendo seu ritmo de afastamento e aproximação.

Estabelecendo Fronteiras Funcionais


Procure conhecer-se melhor: Quem é você? Quais as sua qualidades? Quais são seus projetos de vida? O que você gosta e o que não gosta? Aprenda a dizer NÃO àquilo que não te agrada ou que te fere.  Antes de dizer ou fazer tudo o que deseja, tente colocar-se no lugar da pessoa que vai ser afetada por suas palavras e ações. Você gostaria que fizessem o mesmo com você? Perceba como você se relaciona: você tem medo de perder os amigos ou o cônjuge, e por isso sempre concorda com tudo? Ouça as pessoas, mas tenha sua própria opinião. Mude, se julgar necessário. 


Texto escrito para o Projeto Virtuosas
pela Psicologa Sandra Weigmann
Direitos Reservados

terça-feira, 8 de julho de 2014

Palavras também fazem Carinho

Bom dia Virtuosas!

Já faz um tempinho que não temos esse quadro no blog, e confesso para vocês que estava com saudade dele! Afinal é muito bom ser acariciada, mesmo que com palavras, não é verdade? E a colunista de hoje é a nossa amada mineirinha Nilma Ribeiro, um exemplo para mim de Mulher de Deus, guerreira, preciosa e que coloca em prática suas virtudes. Espero que todas vocês sejam grandemente abençoadas com essas palavras, assim como eu fui! E desde já agradeço a ela e a todas vocês, que tem apoiado o Projeto Virtuosas e lembrado de nos colocar em suas orações!


Palavras também fazem Carinho


Quero agradecer a Deus e a você Renatinha por esta oportunidade de participar deste lindo Projeto Virtuosas. Um sonho que está se concretizando para revelar que vale a pena renunciar, que podemos fazer a diferença, que Deus é fiel para com aqueles que obedecem à sua palavra. Conte sempre com minhas orações...


Quero deixar pra nós uma palavra que se encontra em 1 Pedro 2:9 que diz assim: "Vós, porém, sois raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade exclusiva de Deus, a fim de proclamardes as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa Luz".



Quero enfatizar bem estas palavras...


Sacerdócio: ministério ou funções de alguém que tem poder de apresentar vítima a divindade
Real: Realeza
Proclamar: anunciar em público e em voz alta, testemunhar
Virtude: disposição firme e constante de fazer o bem, excelência moral.


Através do significado destas palavras quero deixar a minha palavra de carinho:


Nós somos uma realeza refletindo as virtudes de Cristo. Através de nossas palavras, palavras doces e não torpes devem sair de nossas bocas, do nosso andar, andar com modéstia, decência, através do nosso agir, em situações que se complicam devemos ter muita sabedoria, agir com amor, considerando o nosso próximo.

Uma virtude de Cristo que devemos buscar com excelência é o Perdão.

Perdoar não é fácil, mas não é impossível. Perdoar não é esquecer, mas lembrar sem dor. É valorizar o sangue de Cristo naquela cruz, nos perdoando mesmo sem merecer. E nós como um sacerdócio real , uma realeza conseguiremos sim, pois Ele é quem nos impôs este título nos tirando das trevas para viver em sua maravilhosa Luz.


Pense: Eu sou uma realeza e preciso refletir todas as virtudes de Cristo.



Muita Paz no seu coração!!!



Texto escrito para o Projeto Virtuosas
por Nilma Ribeiro (Timóteo/MG)
Direitos Reservados

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Bom dia Virtuosas!

Eu acredito que toda mulher deve transparecer a sua feminilidade ao se vestir! E com essa parceria que sou apaixonada, estou tendo a oportunidade de apresentar para vocês peças que possuem essa característica, sem abrir mão do conforto e da qualidade. A marca Praxedes aposta no estilo lady like, com bastante peças de estampas: poá e floral. Vale destacar que a marca tem o enorme cuidado com a modelagem. Tudo que recebi até hoje eu pude dizer: Nossa, foi feita sob medida, especialmente para mim!!! Sério meninas! Sem contar que o preço: SUPER ACESSÍVEL!!!

E as peças desse mês foram: a saia lápis e midi com uma estampa que é super tendência nesse inverno (dark floral) que nada mais é que o floral em fundo escuro. E o casaquinho dama preto super quentinho!!! E é claro que eu quis inovar e fazer A combinação!! hahaha.... Confesso que tirei várias blusas e camisas do guarda-roupa.. Até que, nada mais característico do que combinar as duas estampas mais investidas pela marca. Sem contar que foi meu 1º Mix de Estampas!! Uhuullll.... eu ameeeeiiii o resultado! Espero que gostem também!!!







O que acharam???

Créditos:

Fotos: Raphael Limongi Fotografias

A Praxedes tem Loja Virtual com muita coisa lindaaaa e com um preço justo!!!! 
É só clicar AQUI
Curta também a Fanpage e fique por dentro das novidades! Essa semana inclusive terá muitassss!! Estou mega ansiosaaaa!!

Beijos,

Rê.

sábado, 5 de julho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Bom dia Virtuosas!

Os mimos desse mês foram maravilhosos!!! Hoje estou aqui para apresentar a vocês mais uma peça da Dyork. Uma marca que já está a mais de 28 anos no mercado, inovando sempre e nos proporcionando lindos looks! Quando vi essa saia no catálogo, não resisti! Que linda!!! E como a proposta desse quadro é transferir as tendências e novidades para a nossa realidade no vestir, ela não podia ficar de fora!


Cada parceria que apresento, são marcas que uso, gosto e aprovo! São marcas e lojas que investem no nosso modo de vestir e possuem conceitos que admiro! Ao receber as peças desse mês, não resisti e já fui logo montando meus looks ;) Vamos conferir?






Créditos:
Fotos: Raphael Limongi Fotografias
Saia: Dyork (Coleção Primavera/Verão)

Para conferir toda a coleção curta a fanpage AQUI ou conheça o site AQUI

Tem muita coisa linda!!!

Espero que tenham gostado, tem muito mais por vir!!!

Beijos, Rê!