quinta-feira, 26 de junho de 2014

De Mulher para Mulher

Casamento: Diferentes sim, e... Complementares 

Quando um homem e uma mulher resolvem viver uma vida de casados, trazem para este novo momento de suas vidas duas histórias completamente diferentes.


Essas histórias foram construídas através de experiências, que, claramente, são responsáveis pelo nosso modo de percepção de nós mesmos, e que formam grande parte do nosso "SELF". Tais experiências vividas determinam algumas características nossas, como, por exemplo:

 a) Nosso modo de ver o mundo e a realidade ao nosso redor. Expectativas em relação ao sentido da vida.
b) Nosso modo de avaliar como as pessoas nos veem o que esperam de nós, que ideias fazem a nosso respeito.
c) Nossos sentimentos pelas pessoas, nossa forma de ver o ser humano: como amigo, inimigo, confiável, não confiável.
d) O que esperamos de nós mesmos, nossa opinião em relação a nós mesmos como pessoa, nossa autoimagem, etc.,


Em toda relação aprendemos algo que é importante para o nosso desenvolvimento pessoal, ou assim haveria de ser. Numa relação de casal, isso é mais profundo e precioso do que o que se pode aprender, por exemplo, com um amigo(a). Nesse tipo de relação existe um vínculo cujas raízes e extensões nos são desconhecidas, mas que certamente são suficientemente fortes para manter a relação viva.

Logo na relação aparecem as diferenças como, por exemplo, um é racional, o outro sentimental. Um é prático, o outro é sonhador. É fácil de perceber que essas diferenças ou qualidades de cada um na relação, faz com que haja comodismo. Isto acontece porque cada um faz o que sabe fazer e deixar ao outro a parte. Ocorrendo assim uma divisão ou cisão.



Acontece, porém, que as coisas não podem ficar divididas, existe uma exigência interna, psicológica, para superar a divisão e tornar-se indivíduos inteiros. Esse impulso interno é do Ser. É o desejo de ter duas pernas fortes para andar rápido.

Para isso, é preciso humildade de reconhecer os ensinamentos que nos chegam através do outro, e a força moral para questionar a própria unidade. Esse trabalho, para funcionar, deve ocorrer em ambos, de preferencia ao mesmo tempo.

Reconhecer as qualidades do outro não quer dizer anular-se e sim somar-se. Como uma confeiteira que sabe fazer bolos saborosos, mas não tem habilidade para vendê-los.



Muitas pessoas confundem aceitação com conformismo ou acomodação. Aceitar a diferença não é se conformar com ela, mas uma compreensão profunda de um dado da realidade que se impõe a todos nós: cada pessoa é única. Esse entendimento às vezes é difícil de entender, há muitas razões isso acontecer, mas focalizarei somente dois agora.

O primeiro é o medo que a pessoa tem de "perder sua identidade". O segundo é o medo de ela perder o "domínio sobre o outro".

Aceitar a diferença de opiniões, sobre um mesmo fato, nem sempre é tarefa fácil. Admitindo isso, teremos que fazer uma revisão de nossos valores e de referenciais significativos, que regulam nosso equilíbrio psicológico.

Mas será que as diferenças entre as pessoas são sempre sentidas como negativas pelo outro? Atrapalham a convivência? Sempre? Não. Elas promovem aproximação.



Pense: Se somos diferente, com qualidades potencialmente importantes, para o casamento. Então vale a pena lutar pelo casamento custe o que custar. Somar forças é mais proveitoso que dividir forças. Construir uma nova família com preceitos construídos a partir do relacionamento de duas pessoas diferentes, mas que se completam é certamente uma grande aventura. A Aventura de Viver o Casamento Feliz.


É melhor serem dois do que um assim sempre vai ter alguém para ajudar a levantar. 

Texto Escrito para o Projeto Virtuosas
pela Psicóloga Sandra Weigmann
Direitos Reservados
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Que lindo texto! Viver uma vida a dois tem seus desafios, mas é gratificante!
    Bjãooooo minha linda <3

    www.blogregianebotazzoli.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Rê!!! Realmente é um desafio, mas quando entendemos o valor de sermos um, é muito gratificante!! Beijooooooo.. <3

    ResponderExcluir