quarta-feira, 11 de junho de 2014

De Mulher para Mulher

Bom dia Virtuosas! Hoje, e que seja todos os dias, o amor está no ar!!!

"Diz o poeta que o amor está na essência da alma".


Um pesquisador e professor de psicologia da Universidade de São Paulo (USP), revela que os opostos não se atraem. “Pelo contrário, os opostos podem dar tremendas encrencas. Se eu caso com uma mulher que quer gastar todo meu dinheiro, eu quero economizar. Ela gosta de viajar, eu gosto de ficar em casa”, justifica.

É uma longa espera para chegar até o dia do sim, e as pesquisas comprovam: para casamento, o homem é tão exigente quanto a mulher. Os relacionamentos mais duradouros costumam juntar pessoas que já se conheciam. Do total de namoros, 37% começam na igreja, no trabalho, estudo ou círculo de amigos. Por isso, preste atenção: o candidato ideal pode estar mais perto do que você imagina. 


“Tem uma história que conta que o amigo pergunta para o outro se ele está namorando. Ele responde que não. O outro pergunta por quê. Ele diz que está procurando a mulher perfeita. Um ano depois, eles se encontram de novo. Aí, o amigo pergunta de novo se ele está namorando. O outro diz que não. Ele pergunta se é por que ele não encontrou a mulher. Ele conta que encontrou, mas que ela também estava procurando o homem perfeito”, conta o psicólogo.


Dicas para os namorados se conhecerem melhor

- Aprendam a compartilhar a vida diária - angustias problemas no trabalho, dificuldades financeiras;
- Dividam sonhos e sentimentos - programem, por exemplo, a compra da casa própria
- Argumentem - a conversa ainda é a melhor maneira das pessoas se entenderem;
- Organizem programas com os colegas - não se afastem dos amigos e colegas, programem passeios, encontros em casa e com amigos;
- Riam dos próprios defeitos - enfrentar as dificultados com bom humor é mais saudável;
- Tenha tempo só para você - reserve um tempo só para você relaxar.


Bom, falar de relacionamento humano nunca é fácil, não é? Principalmente quando o assunto é namoro. Algumas dicas podem ser aplicadas na maior parte dos relacionamentos amorosos, para evitar desilusões e sofrimentos desnecessários. Uma delas é a auto-estima enquanto um fator determinante de uma relação saudável.


Pessoas com baixa auto-estima tendem a pisar em algumas pedras quando o assunto é namoro. Quando estamos devendo um pouco de atenção e carinho para nós mesmos, esperamos que o outro o faça. Aí começa a encrenca, pois, quando colocamos o nosso bem estar na mão de outra pessoa o resultado quase sempre, é decepção. Por isso, fica a dica: Procure ficar bem consigo mesmo, antes de entrar em um relacionamento. Procure conhecer suas vontades, seus valores, o que lhe falta para ter uma vida tranquila sem depositar seu bem estar nas mãos de outra pessoa, passe um tempo sozinho.

Se você sente-se muito ansioso, ou está colecionando relacionamentos difíceis e com alto custo emocional, vale a pena buscar um bom psicólogo e, a partir daí, experimentar os prazeres de uma relação harmoniosa, construtiva. Pense! A psicóloga Maria Rafart argumenta: “Quando se está acompanhado só porque precisa de alguém, reduz-se o companheiro a um mero prestador de serviços.”


Ame a ti mesmo... Ame teu próximo...

Tenha um dia maravilhoso! Super romântico e abençoado!
Feliz Dia dos Namorados!

Texto escrito para o Projeto Virtuosas
pela Psicóloga Sandra Weigmann.
Direitons Reservados
Comentários pelo Facebook
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário