domingo, 29 de junho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Bom dia Virtuosas!

Graças ao blog, estou tendo a oportunidade de conhecer novas marcas evangélicas, que às vezes, se eu não estivesse nesse ramo, eu não teria conhecido. E a marca Thais Rodrigues Moda Feminina é uma delas. Quando vi as primeiras fotos das peças, me encantei. Além de ser um pouco diferente do que já costumamos ver em peças de moda evangélica, é super moderno e de muito bom gosto!

A peça que escolhi para apresentar essa marca para vocês, foi a saia sino, que está super em alta, e mais, um mix de estampas que eu já estou apaixonada!!!! Tão linda!! Malha grossa para não marcar, acabamento perfeito que modela o quadril sem deixar vulgar, e sem contar que, não amarrota!! Ideal para levar na mal para qualquer viagem!

Preparadas???? Suspire!!! hahaha....


 

E para um look mais chick, coloquei meu cardigã super lindo, presente da mamis... e minha sandália chiquérrima dourada, presente da minha irmã! O que acharam?





Créditos:

Fotos: Raphael Limongi Fotografia
Facebook: AQUI

Saia: Thais Rodrigues Moda Feminina
WhatsApp: (11) 996509772
Facebook: AQUI
E-mail: contato.thaisrodrigues@hotmail.com
Instagram: @thaisrodrigues87
Ela envia para todo o Brasil com frete fixo e tem muita peça lindaaaaaaa.... preços super justos para roupas maravilhosas!! Saias, Vestidos, Blusas, Camisas e muito mais.. Corre lá e adquira sua peça e nos mande sua fotinha vestindo Thais Rodrigues!!!

Beijos,
Rê Moura

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Aproveitando que acabou de entrar a estação mais fria do ano, o inverno, resolvi fazer um post com o que estará em alta esse ano! Assim já poderemos pensar em nosso guarda-roupa e, claro, buscar aquelas peças que estão guardadas e que podem ser aproveitadas nessa época! Vamos lá?

1º) Xadrez

O xadrez vai continuar com tudo! Estará em alta com os tons vermelho e azul. Que pode ser trabalhada em todos os estilos: descolado, romântico, moderno, elegante... Já pensou como vai combinar com seu estilo?

2º) Pied de Poule ou Pied de Cok

São os quadradinhos com as pontas alongadas. É um estilo vintage super elegante, é monocromático e cai super bem com uma cor lisa bem vibrante, como o rosa-pink ou vermelho, o que acham?



3º) Dark Floral

Que nada mais é do que flores em fundos escuros. 



4º) Lady Like

O lady like é um estilo super feminino e romântico. Inspirado nas décadas  de 40 e 50, com muita saia rodada e cintura marcada. 


5º) Moletom Chique

Se você ama ficar de moletom embaixo das cobertas, curtindo aquele friozinho, deve saber que nessa temporada ele desfilará pelas ruas cheio de glamour e sofisticação. Se você não o achava chique, vai logo mudar de opinião!!!


Então meninas! Já estão pensando em seus looks para esse próximo mês, que é o mais frio do ano? Em breve postarei vários looks quentinhos para vocês se inspirarem!!!

Beijos,

Rê Moura

quinta-feira, 26 de junho de 2014

De Mulher para Mulher

Casamento: Diferentes sim, e... Complementares 

Quando um homem e uma mulher resolvem viver uma vida de casados, trazem para este novo momento de suas vidas duas histórias completamente diferentes.


Essas histórias foram construídas através de experiências, que, claramente, são responsáveis pelo nosso modo de percepção de nós mesmos, e que formam grande parte do nosso "SELF". Tais experiências vividas determinam algumas características nossas, como, por exemplo:

 a) Nosso modo de ver o mundo e a realidade ao nosso redor. Expectativas em relação ao sentido da vida.
b) Nosso modo de avaliar como as pessoas nos veem o que esperam de nós, que ideias fazem a nosso respeito.
c) Nossos sentimentos pelas pessoas, nossa forma de ver o ser humano: como amigo, inimigo, confiável, não confiável.
d) O que esperamos de nós mesmos, nossa opinião em relação a nós mesmos como pessoa, nossa autoimagem, etc.,


Em toda relação aprendemos algo que é importante para o nosso desenvolvimento pessoal, ou assim haveria de ser. Numa relação de casal, isso é mais profundo e precioso do que o que se pode aprender, por exemplo, com um amigo(a). Nesse tipo de relação existe um vínculo cujas raízes e extensões nos são desconhecidas, mas que certamente são suficientemente fortes para manter a relação viva.

Logo na relação aparecem as diferenças como, por exemplo, um é racional, o outro sentimental. Um é prático, o outro é sonhador. É fácil de perceber que essas diferenças ou qualidades de cada um na relação, faz com que haja comodismo. Isto acontece porque cada um faz o que sabe fazer e deixar ao outro a parte. Ocorrendo assim uma divisão ou cisão.



Acontece, porém, que as coisas não podem ficar divididas, existe uma exigência interna, psicológica, para superar a divisão e tornar-se indivíduos inteiros. Esse impulso interno é do Ser. É o desejo de ter duas pernas fortes para andar rápido.

Para isso, é preciso humildade de reconhecer os ensinamentos que nos chegam através do outro, e a força moral para questionar a própria unidade. Esse trabalho, para funcionar, deve ocorrer em ambos, de preferencia ao mesmo tempo.

Reconhecer as qualidades do outro não quer dizer anular-se e sim somar-se. Como uma confeiteira que sabe fazer bolos saborosos, mas não tem habilidade para vendê-los.



Muitas pessoas confundem aceitação com conformismo ou acomodação. Aceitar a diferença não é se conformar com ela, mas uma compreensão profunda de um dado da realidade que se impõe a todos nós: cada pessoa é única. Esse entendimento às vezes é difícil de entender, há muitas razões isso acontecer, mas focalizarei somente dois agora.

O primeiro é o medo que a pessoa tem de "perder sua identidade". O segundo é o medo de ela perder o "domínio sobre o outro".

Aceitar a diferença de opiniões, sobre um mesmo fato, nem sempre é tarefa fácil. Admitindo isso, teremos que fazer uma revisão de nossos valores e de referenciais significativos, que regulam nosso equilíbrio psicológico.

Mas será que as diferenças entre as pessoas são sempre sentidas como negativas pelo outro? Atrapalham a convivência? Sempre? Não. Elas promovem aproximação.



Pense: Se somos diferente, com qualidades potencialmente importantes, para o casamento. Então vale a pena lutar pelo casamento custe o que custar. Somar forças é mais proveitoso que dividir forças. Construir uma nova família com preceitos construídos a partir do relacionamento de duas pessoas diferentes, mas que se completam é certamente uma grande aventura. A Aventura de Viver o Casamento Feliz.


É melhor serem dois do que um assim sempre vai ter alguém para ajudar a levantar. 

Texto Escrito para o Projeto Virtuosas
pela Psicóloga Sandra Weigmann
Direitos Reservados

terça-feira, 24 de junho de 2014

Realçando minha Beleza

Sempre estamos em busca de um cabelo forte e bonito, não é? Por conta disso hoje eu vou falar da beleza dos fios e como cuidar das madeixas.


NUTRIÇÃO OU RECONSTRUÇÃO?
 Antes de qualquer coisa é necessário entender qual é a necessidade dos seus cabelos.

Se você passou por procedimentos químicos como alisamento, o seu cabelo precisa de força! Então a pedida é a RECONSTRUÇÃO. Esse tipo de hidratação é feita com produtos com a base de queratina, trata os fios por dentro e fortalece.


Agora se você tem cabelos naturais, mas estão ressecados devido falta de cuidados, sol e às vezes pelo uso de secador e chapinha, o ideal é a NUTRIÇÃO. Feita com produtos a base de óleos e com vitaminas, ela vai agir na parte exterior dos cabelos deixando macios, brilhosos e fáceis de desembaraçar.

HIDRATE EM CASA SEM SUSTO!



De começo, lave os cabelos com água morna para fria e aplique o xampu, lave duas vezes ou mais se for necessário até os cabelos ficarem bem limpos. Depois de enxaguar, aplique do meio para as pontas uma mistura de mascara de alta nutrição e gotas de alguns óleos como argan ou macadãmia. Deixe agir por 15 minutos.

Próximo passo, enxágue as madeixas, tire todo excesso de água e aplique o condicionador massageando bem.

Enxágue novamente tirando totalmente o produto e por fim aplique um sem enxagúe de sua preferência.

Essa hidratação pode ser feita a cada 10 dias. Com os cuidados certos e usando uma boa linha de cosméticos não há nenhuma necessidade de corte dos fios, fazendo hidratação constante evita o ressecamento e as tão terríveis pontas duplas.


DICA DE HOJE: a linha LOWELL (protect care) é rica em nutrição e pode ser encontrada nos salões de todo Brasil com preço acessível!



Beijo e até a próxima!

Texto Escrito para o Projeto Virtuosas por Rosane Teixeira
Direitos Reservados

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Mulher Virtuosa se veste bem

Bom dia Virtuosas!!

Hoje é dia de falar sobre os queridinhos do inverno: Blazer!!!



O blazer pode ser usado em todas as situações. O que vai ser diferente é a forma que você vai usá-lo e como vai montar seu look. O mesmo blazer que você usa no trabalho junto com saia social, pode facilmente ser transformado num look mais despojado se combiná-lo com uma saia jeans ou um vestido florido. Dobrar um pouco as mangas ou puxá-las para cima também ajuda a dar uma descontraída no visual.
 

O blazer preto é um clássico que nunca sai de moda. E por isso funciona como um curinga no guarda-roupa de toda mulher, podendo ser usado de várias formas: com saia social, jeans e também com vestido. Uma dica legal é combiná-lo com cores alegres, pois cria duas linhas verticais emagrecedoras, perfeitas para disfarçar seios fartos.


Com saia social é a forma mais comum de usar o blazer, porém isso não significa que o visual tem que ser careta. Há várias maneiras de deixar o look interessante e moderno. Dois truques para atualizar o look são: usar o blazer de uma cor diferente da cor da saia ou então apostar nos conjuntinhos!!!


Uma mulher de blazer e saia jeans está vestida para dominar o mundo. Esse é um visual super democrático e se adequa a várias situações e horário. Se você precisa que seu look seja mais sofisticado, combine-o com saia jeans de lavagem escura, blusa de seda e bolsa de animal print e salto, porém se a ocasião permitir, nada te impede de usá-lo com uma t-shirt e sapatilha, deixando seu look totalmente descontraído!



O blazer usado com vestido ou com saia longa são as maneiras mais femininas e delicadas de criar um look com essa peça!


Repare no forro do blazer. Se ele for estampado, um truque para deixar a produção mais estilosa é deixar a manga dobradinha com o forro aparente.


 Saia do comum! É sempre bom ter um pretinho básico, mas os coloridos e estampados ou os que têm detalhes em taxas, spikes e mistura de texturas, modernizam qualquer look. Mesmo que você esteja com jeans e regata por baixo, vai ficar ótimo.


O tipo ideal de blazer para cada silhueta



Cada tipo de blazer valoriza um tipo de silhueta diferente. Para criar seus looks sem medo de errar, confira as dicas da consultora para o seu tipo de corpo e arrase!

Corpo oval

O desafio para quem tem o corpo oval é criar ilusão de cintura e desviar a atenção da barriguinha. Para isso, você pode escolher modelos acinturados de blazers e que tenha pence nas costas. Atenção para o comprimento que deve passar da linha da cintura. Também evite blazers com abotoamentos duplo ou que tenham botões chamativos (o melhor é que sejam da mesma cor da peça). Opte por combinar peças que alongam o visual.

Corpo retângulo
 A característica deste formato de corpo é ter ombros, cintura e quadris praticamente da mesma medida, portanto criar a ilusão é cintura é essencial. Para isso, opte por blazers acinturados ou você pode acinturá-lo usando o truque do cinto por cima da peça.

Corpo triângulo

Na hora de escolher o blazer, o que se deve prestar mais atenção é o comprimento da peça que não deve passar da altura dos ossinhos do quadril. Quem tem o formato do corpo triângulo pode abusar de ombreias, lapelas mais largas, que tenham apliques ou seja de outra cor. Combine com saias e vestidos retos ou evasês quem sejam mais escuros que o blazer.

Corpo triângulo invertido

Se você tem o corpo deste formato e ombros largos, invista em blazers mais escuros de tons neutros e de preferência sem ombreiras. As outras peças do look devem ser mais claras ou ter elementos que chamem mais atenção que o blazer, assim você consegue criar uma boa proporção ao corpo. Você também pode usar blazers mais compridos sem medo e combinar com saias ou vestidos que deixem o visual bem feminino.

Corpo ampulheta

Quem tem o corpo ampulheta deve explorar a cintura bem definida e para isso, os blazers acinturados são ótimos aliados. E você pode fugir dos modelos tradicionais e abusar de detalhes e estampas que ajudam a modernizar o look.



Lembre-se: independente do seu tipo físico,se quer ficar mais alongada, opte por um blazer curto, até a altura dos quadris. O longo pode dividir o corpo ao meio e dar impressão de que você é mais curta.

Espero que tenha gostado da dicas!!! E ai vai um look meu com meu terninho preto!!




Beijos!

Rê Moura